Nesse vídeo eu falo um pouco sobre o livro Branca como a neve, vermelha como o sangue de Alessandro D'Avenia. O romance é narrado pelo protagonista, Leo.
Comecei a ler porque foi o eleito no meu clube do livro no whats e  o começo foi meio difícil porque o Leo é o típico adolescente insuportável que odeia tudo, escola, professores, etc.
Ele é apaixonado por uma colega da escola chamada Beatriz. Ela é a ruiva a que o título alude.
Ele também tem uma melhor amiga chamada Silvia, que é uma menina muito legal, aquela pessoa que é um porto seguro para ele, que está sempre presente quando ele precisa.
apesar do desprezo que o Leo tem pelos professores, acaba tendo uma espécie de amizade com o professor de História e Filosofia que ele chama de sonhador e o ajuda bastante a amadurecer.
Acontece que Leo não tem coragem de se declarar para Beatriz e descobre que ela tem leucemia.
Ele fica muio revoltado com Deus e com a vida porque não pode entender o sofrimento da garota que ele ama.
Nesse percurso, ele conta com silvia, os pais e o professor para entender que é preciso correr atrás de seus sonhos, mas nem sempre, nem todos serão realizados.


Fragmentos - Branca como o leite, vermelha como o sangue ( Alessandro D'Avenia)




Un segreto è fare tutto come se, fare tutto come se vedessi solo il sole, vedessi solo il sole, vedessi solo il sole... E non qualcosa che non c’è...
 “Um segredo é/ fazer tudo como se,/ fazer tudo como se/ eu visse apenas o sol,/ eu visse apenas o sol,/ eu visse apenas o sol.../ E não algo que não existe...” (N. T.)

Uma vez eu li num livro que o amor não existe para nos fazer felizes, mas para demonstrar o quanto é grande a nossa capacidade de suportar a dor.

O ruim da vida é que ela não tem manual de instrução. Em geral você segue as regras, e, se o celular não funciona, existe a garantia. Você o devolve e te dão um novo. Com a vida, não. Se ela não funciona, não te dão uma nova, você deve manter aquela que já tem, usada, suja e funcionando mal. E, quando ela não funciona, a gente perde o apetite.



Um Comentário

  1. Oi Daniele,
    Adorei a resenha e conhecer um pouquinho dessa história, já inclui na minha lista de favoritos. Gostei demais dos quotes que separou do livro. Já quero muito ler.
    Bjs❤
    Abrir Janela

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar meu espaço. Fico muito feliz com comentários, mas apenas sobre a postagem. Opiniões, elogios e críticas construtivas são bem-vindos.
Para outros assuntos, use o formulário de contato.