Uma história incomum sobre livros e magia

 

 Uma história incomum sobre livros e magia - Lisa Papademetriou


Eu já gostei mais de livros infantis, hoje não tenho tanta paciência, mas ainda leio, quando preciso de uma coisa bem leve para me distrair, especialmente se eles envolvem aventuras e lugares mágicos. Alice no país das maravilhas é com certeza um dos livros que eu mais reli, ou melhor, talvez ele só perca para As meninas de Lygia Fagundes Telles.
Aliás, não é engraçado como todos temos uma ligação incrível com determinados livros? Por falar nisso, uma das personagens de Uma história incomum sobre livros e magia, a Leila, é apaixonada por uma séries de livros protagonizados pelas Irmãs amadas, ela quer viver uma aventura digna das personagens do livro e tem esperança que isso aconteça no período que vai passar visitando parentes na Índia.
Na casa dos parentes, Leila encontra um livro misterioso chamado O cadáver excêntrico que interage com ela e responde ao que ela escreve.
Nos EUA outra garota encontra um livro com o mesmo título passando uns dias na casa da tia. Ela é Kai, ela faz amizade com uma menina chamada Dodle que estuda as mariposas, juntas elas tentam encontrar uma mariposa em extinção e desvendar  o estranho livro.
O livro conta sobre um homem que queria ser mágico, Ralph, e sua história com uma moça que tocava violino, assim como Kai.
Longe uma da outra e sem se conhecer, aos poucos as meninas vão escrevendo no livro e ele vai revelando mais sobre a história até chegar ao ponto em que elas vão unir todos os pontos e desvendar a misteriosa história dele.
O livro tem uma mensagem muito fofa sobre magia, o poder da magia. A história das meninas, o pouquinho da cultura indiana mostrada, é tudo interessante principalmente para a galera mais jovem que não gosta de livros só focados em romance juvenis. Eu recomendo muito para presentear uma criança e ajudar a despertar o gosto pela leitura.Nada melhor do que começar com magia.

Dados:
 SBN-13: 9788580415063
ISBN-10: 8580415063
Ano: 2016 / Páginas: 192
Idioma: português 
Editora: Arqueiro


Um Comentário

  1. Olá, tudo bem?
    Eu nunca tive o costume de ler livros infantis. Acho que isso vai muito da influencia dos pais durante a infância, e eu não tive isso... :/
    Mas tem alguns livros realmente muito interessantes e é ótimo pra descontrair de uma leitura pesada. Adorei seu post.
    http://juliet-in-crisis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar meu espaço. Fico muito feliz com comentários, mas apenas sobre a postagem. Opiniões, elogios e críticas construtivas são bem-vindos.
Para outros assuntos, use o formulário de contato.