Para variar um pouco, resolvi ler algo diferente do meu estilo, O símbolo perdido. Vamos lá. Robert Longdon é convidado para dar uma palestra em um evento para um amigo. Ele aceita o convite, não sabendo que está caindo em uma grande armadilha, parte de um plano macabro de um fanático que pretende ser transformado em algo como um deus do mal.
Ao chegar ao local, Robert já encontra a mão do amigo pregada em um suporte de madeira e tatuada com as primeiras pistas de um mistério que ele deve decifrar para o sequestrador e assim salvar a vida de Peter.
Apesar de ser uma questão que deveria ser importante apenas para os maçons, e de Robert acreditar que é tudo uma lenda, até a CIA está envolvida na figura da poderosa agente Sato. Robert tem a missão de driblar a CIA para decifrar vários códigos na pirâmide que Peter lhe confiou para guardar e no cubo que completa a pirâmide.
Cada resposta leva  a mais perguntas que requerem mais conhecimentos de línguas antigas, rituais sagrados e raciocínio lógico combinado a fatos e figuras históricas que tinham relações com a maçonaria.
Com a ajuda do maçom Bellamy e a irmã de Peter, Katherine, Robert passa momentos apreensivos e agitados embora não se sinta plenamente capaz de decifrar os códigos ou não sabe se pode confiar no monstro que aguarda a descoberta desse segredo que ele acredita lhe dará todos os conhecimentos que precisa para ser um Deus.
O suspense do livro é muito bom, mesmo embora algumas vezes é monótono quando os personagens param para dar alguma longa explicação aos outros, ou pior, o padre resolve que é hora de aumentar a tensão pedindo para Robert passar a mão na pirâmide e descobrir sozinho alguns sinais. A minha impaciência diz: querido, se você já sabe fale logo para ele. Vocês estão correndo contra o tempo, a CIA vem aí, o Peter está morrendo, má hora pra brincar de adivinhação.
Eu li o livro em um momento em que eu queria ação. Talvez por não ter me ligado muito aos assuntos de mistério e maçonaria, eu acabei não curtindo tanto a leitura que muitos me recomendam a tanto tempo. Porém foi uma leitura que valeu a pena, me distraiu bastante e o final é bem legal, lembra bem O segredo.


2 Comentários

  1. Olá,
    uma vez eu quase comprei esse livro. Eu era louca para ler mas sabe-se lá por que raios eu perdi o interesse nessa leitura. kkkk

    http://blogexplicita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu tbm achei muito monótono em certas partes, assim como a leitura se tornou arrastada e quase não termino. Acho que a carga de explicação sobre os assuntos foi que deixou a leitura arrastada. Não foi um dos melhores livros que li dele, mas valeu a pena.
    Beijos
    http://recolhendopalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar meu espaço. Fico muito feliz com comentários, mas apenas sobre a postagem. Opiniões, elogios e críticas construtivas são bem-vindos.
Para outros assuntos, use o formulário de contato.