Resenha do livro Doidas e Santa de Martha Medeiros

"Não sei se você percebeu, mas viver é nossa única opção real. Antes de
nascermos, era o nada. Depois, virá mais uma infinidade de nada. Essa
merrequinha de tempo entre dois nadas é um presentaço. Não seja maluco de desperdiçar."



Doidas e santas é um livro para ler quando se está deprimido, quando se está sem assunto, quando se está feliz e quer algo para se identificar. Tudo isso junto, afinal são 99 crônicas onde Martha Medeiros fala sobre diversos assuntos e mostra sua (nossa) pluralidade. Todo leitor já passou pela experiência de se identificar com um livro ou um personagem ou autor. Isso é comum e é clichê demais falar, mas foi o que me aconteceu e me surpreendeu, pois sou totalmente distante do mundo de Martha Medeiros e descobri essa sintonia entre nossas opiniões.
 As crônicas são divertidas, irônicas, filosóficas e versam sobre assuntos variados entre fatos marcantes para o mundo e pequenos momentos de nosso cotidiano, numa linguagem leve, tranquila, como se estivéssemos numa conversa informal sei lá, no cabeleireiro. Gostaria de falar de todas as crônicas, mas é impossível, numa única postagem, mas algumas me marcaram bastante, como "A Mulher Invisível", ela conta sobre um dia que estava muito desatenta e não notava nada ao seu redor e não era notada, por isso um homem quase sentou no colo dela,rs, é uma situação cômica, mas me fez refletir muito sobre momentos em que me senti invisível e enxerguei que em todos eles eu fui a primeira a não notar os outros, então se você quer ser notado, esteja de olhos abertos para a vida.
Em Doidas e santas, cada crônica acaba trazendo uma lição de vida, posso falar que aprendi até a me entender, amar e aceitar mais depois que li esse livro. Pois, vi que meus medos, minhas ideias, minhas manias,meus sonhos de viagens loucas, também habitam outras mentes.Para mim a melhor lição do livro é "saia do tédio,quebre sua rotina", isso vai se ligar ao meu novo ideal de vida que é a busca pela desconstrução, só nos encontramos realmente depois que nos perdemos totalmente.


Olhe-se no espelho. Você tem um olhar de quem
estaria disposta a cometer loucuras? 


14 Comentários

  1. Não li nada de Martha mais achei legal esse gosto de crônicas, mexe com a gente de um modo diferente ^^
    Beijos
    Brubs
    contodeumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Daniele, tudo bem?
    Eu tenho muita vontade de ler esse livro por ser tão descontraído. Me parece ser o tipo de livro pra se ter na cabeceira pra ler em momentos mais desanimados e para encorajar em momentos de loucuras rsrsr.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom mesmo pra ler antes de dormir ou depois de acordar, porque dá vontade de fazer as coisas de um jeito diferente, fiquei até com um certo vazio ao terminar de ler, mas daqui a pouco posso reler.
      Abração e obrigada pela visita,linda.

      Excluir
  3. Preciso de algo levinho assim para me animar esses dias, sabe? :/
    Adorei aqui! O título, tudo... Já estou seguindo!
    Beijos,
    Vinícius - Livros & Rabiscos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, do livro e do blog, então volte sempre, vou visitar seu espaço também, adoro trocar ideias sobre livros.
      Bjos

      Excluir
  4. Vi a adaptação para o teatro e gostei. Tenho muita vontade de ler, porque acho os textos da Martha maravilhosos.

    Beijos,

    Carissa
    www.carissavieira.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo porque vale a pena. Clarissa, adorei seu site, vou ficar sempre de olho pra saber das novidades!
      bjs

      Excluir
  5. Já li muitos textos da Martha e adoro! Ainda não li nenhum livro. Esse da sua resenha já virou até peça.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Eu gostaria muito de ver essas peças.
      bjos

      Excluir
  6. Apesar de ter gostado profundamente de ler os livros de Luis Fernando Verissimo quando eu era mais nova, não sou a fã número um de crônicas. Gosto de lê-las em blogs, mas livro é algo diferente, sabe?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei de ler assim, porque ainda não conhecia as crônicas dela, mas eu ia lendo uma por dia, depois é que acabei não resistindo e lendo tudo,rs. Mas também tenho minha preferência por certos textos nos seus suportes adequados, por exemplo, muitos autores postam contos grandes e até romances em sites e não consigo ler por mais que seja bom, só dá pra ler textos longos impressos e por aí vai.

      Excluir
  7. Nunca li nada da autora
    Mas pelo quee estou vendo nos comentarios, é super conhecida

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. nunca li um livro da Martha Medeiros, parece incrivel, adoooreii o/
    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Conheço algumas crônicas de Martha, acho que estão nesse livro.
    Mas com certeza quero lê-lo (na verdade, quero tê-lo).
    Aceito presentes =D

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar meu espaço. Fico muito feliz com comentários, mas apenas sobre a postagem. Opiniões, elogios e críticas construtivas são bem-vindos.
Para outros assuntos, use o formulário de contato.