Resenha do livro Príncipe Caspian / Crônicas de Nárnia


Título: As Crônicas de Nárnia - Volume Único
Autor: C.S. Lewis
Tradutor: Paulo Mendes Campos
Editora: Martins Fontes
Ano:2009 /2ª ed.
Páginas: 289 a 396.



Arrepiante! Pedro, Suzana, Edmundo e Lúcia já estão há um ano no mundo “real” e vão para a escola quando são transportados para um mundo em ruínas, chegam num lugar desabitado e abandonado há séculos. Revirando o pouco do que sobrou de um antigo castelo, eles descobrem o mais incrível, eram eles que moravam ali, estão em Cair Paravel!  Acontece que o tempo em Nárnia passa de modo diferente, bem mais rápido que o mundo das crianças. Homens telmarinos tomaram o poder e acabaram com as criaturas mágicas, ou pensam que acabaram, pois muitos sobreviventes vivem escondidos. Para os novos habitantes do lugar, Nárnia, Aslam, os reis e as criaturas mágicas não passam de uma antiga lenda. Para complicar a situação, o rei telmarino foi assassinado pelo irmão e agora seu filho, o príncipe Caspian corre sérios riscos. Caspian é diferente do tio, ele acredita na magia de Nárnia e sonha com o dia em que tudo volte a ser como era antes. Caspian ganha de seu tutor a trompa da rainha Suzana, segundo a lenda, ela é capaz de trazer os reis de volta do passado, é assim que Pedro e os irmãos voltam para Nárnia, para ajudar o príncipe Caspian a destruir seu tio Miraz e seus exércitos.

Todos têm sua fé testada, Caspian precisa acreditar que quatro crianças podem ajudá-los e os quatro reis de Nárnia chegam a duvidar da volta de Aslan, mas são todos epicamente corajosos na luta contra os telmarinos. Comparando com o filme, ao contrário de O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa, a adaptação de Príncipe Caspian teve várias partes diferentes do livro e quem viu o filme primeiro pode perder boas partes do livro esperando chegar a alguma cena que viu no filme, então é bom ler o livro primeiro, mesmo com a tentação de o filme ser mais rápido e prático. Mais uma vez, as batalhas são espetaculares e cheias de emoção, são a melhor parte do filme, já no livro a melhor parte é o começo, o retorno, triste porque dá uma certa melancolia imaginar que toda a Nárnia foi destruída e essa não é a única parte triste do livro, o final tem um clima extra de despedida.

 


3 Comentários

  1. Eu gostei muito do filme, lerei o livro em breve, muito boa sua resenha. Amo Nárnia!
    Tem sorteio lá no blog: petalasdeliberdade.blogspot.com .

    ResponderExcluir
  2. Eu já li o LIVRO As Cronicas de Narnia, mas faz muito tempo.
    Gostaria de poder ler novamente, pois sinto saudade, principalmente porque gosto muito desse tipo de história. Quero ler cada capitulo e fazer uma resenha de cada história, pois tenho certeza que muita gente iria gostar. Apesar de que são inúmeras né ? Mas seria interessante apesar de tudo. Gostei muito do seu Post, até porque amo esse livro e tudo relacionado a fantasia. Parabens !!
    Linda passa em meu blog que eu te indiquei para fazer um meme. Passei aqui mais cedo dando meu comentário em seu post, espero que tenha lido. Se cuida minha querida. Beijinhos

    Lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu já li o LIVRO As Cronicas de Narnia, mas faz muito tempo.
    Gostaria de poder ler novamente, pois sinto saudade, principalmente porque gosto muito desse tipo de história. Quero ler cada capitulo e fazer uma resenha de cada história, pois tenho certeza que muita gente iria gostar. Apesar de que são inúmeras né ? Mas seria interessante apesar de tudo. Gostei muito do seu Post, até porque amo esse livro e tudo relacionado a fantasia. Parabens !!
    Linda passa em meu blog que eu te indiquei para fazer um meme. Passei aqui mais cedo dando meu comentário em seu post, espero que tenha lido. Se cuida minha querida. Beijinhos

    Lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar meu espaço. Fico muito feliz com comentários, mas apenas sobre a postagem. Opiniões, elogios e críticas construtivas são bem-vindos.
Para outros assuntos, use o formulário de contato.