Vi essa coluna em alguns blogs e, como tudo que é bom merece ser copiado, trouxe-a para cá, pelo menos uma vez por mês, vou dedicar uma postagem a um personagem que eu ame. E vou começar com a que eu mais me identifico.

( O Texto contém spoilers sobre o livro As Meninas - Lygia Fagundes Telles)

Lorena Vaz Leme é personagem do livro As Meninas de Lygia Fagundes Telles, o romance conta ainda com suas amigas Ana Clara e Lião. Elas são muito diferentes, mas são amigas. Lorena, Lena, Leninha é uma representante da burguesia, vive em época de ditadura, mora em um pensionato de freiras onde conheceu as outras meninas, mas isso é só o pano de fundo. 

Há muito mais que se observar na personagem. Lorena é cultíssima, cursa Direito, ama Latim, ouve Jimmi Hendrix. Seu passado é triste e deixa um mistério no ar, ela fala, lembra do irmão Remo, que morreu depois de um tiro acidental dado pelo outro irmão, Rômulo. Depois da tragédia o pai suicidou-se, Rômulo viaja pelo mundo para esquecer, mas nunca esquece, dos países que visita sempre lhe manda sinos e lembranças, a mãe é meio pirada, vive um casamento fracassado com um homem mais novo, nega para Lião a ocorrência do acidente. Então Lorena imaginou tudo ou é sua mãe que prefere fingir que não aconteceu? Lorena chama seu quarto de minha concha, é lá que ela se esconde do mundo “gostaria de mandar minha palavra de equilíbrio, de amor ao mundo, mas sem entrar nele, é lógico”
e espera o telefonema de seu amado M.N, Marcus Nemesius, médico, casado, pai de cinco filhos, ele nunca liga. "Não era amada? Não, certamente não.
Mas continuaria amando amando amando até - morrer, não.
Até viver de amor."
Lorena não é muito de ação, é mais de sonhar e esperar, mas toma uma atitude decisiva na hora da morte de Ana Clara, é ela que resolve tudo. "Tem mulher-hino e mulher balada. Eu sou uma balada medieval." O romance é do tipo que deixa o final meio aberto, mas sabemos que ela se prepara para deixar a concha e ir morar com a mãe, o que para Lião e para mim representa um retrocesso, mas o avanço se dá na vida amorosa, ela parece disposta a dar uma chance a um novo sentimento.

No cinema, Lorena foi interpretada por Adriana Esteves.


3 Comentários

  1. Adoro colunas do tipo!
    Não conhecia a personagem, infelizmente.
    Beijos,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
  2. Adorei a coluna!! Parabéns!!
    Gostei do texto e do blog!!

    Bjkasssssss


    Alessandra Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro. É muito legal essa coluna, pois tem personagens que parecem que são reais, e ficam com a gente mesmo depois de ter acabado a leitura.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar meu espaço. Fico muito feliz com comentários, mas apenas sobre a postagem. Opiniões, elogios e críticas construtivas são bem-vindos.
Para outros assuntos, use o formulário de contato.