Autora: Patrícia Melo
Ano: 2009
Número de Páginas: 240
Editora: Rocco

Sinopse - O Matador - Patrícia Melo

Um jovem da periferia da cidade grande perde uma aposta de futebol e pinta os cabelos de louro. Essa simples brincadeira desencadeia uma série de ocorrências que farão do protagonista deste romance um criminoso brutal.
Num estilo vertiginoso, com extrema violência verbal à qual não faltam sensibilidade e humor, ainda que abrasivo, Patrícia Melo nos mostra o percurso de um jovem frustrado e perplexo, que já não sabe a diferença entre a matança e o baile funk, entre o amor e o ódio.
Neste seu segundo livro, Patrícia Melo mergulha nas raízes da violência urbana e confirma as qualidades apontadas pela crítica em Acqua toffana: a prosa ágil, o vigor narrativo, o controle sobre o texto, a ironia, a visão ácida, a criação de personagens aparentemente incoerentes, ao mesmo tempo banais e esquisitas. O resultado não deixa ninguém indiferente.


Essa história é mais uma prova de como pequenas decisões podem transformar radicalmente uma vida. Máiquel era uma sujeito banal, desses que se encontra todos os dias na periferia, perdeu uma aposta boba e precisou pintar o cabelo de loiro, mas a partir daí ele sente-se tão diferente a ponto de ter coragem de fazer tudo que tem vontade, inclusive matar um homem. Depois que ele mata um bandido e todos o apóiam as coisas começam a ficar confusas, os medos, os valores, ele matou um homem e não foi preso, pelo contrário, as pessoas agradecem. O pior é que Máiquel tem tudo para ser um cara legal, ele sente culpa, tem pena da namorada da vítima, uma dor de dente constante, cria um porquinho como animal de estimação. Só um carinha que se achava feio e sem perspectivas de vida, o leitor acaba gostando dele. A narração em primeira pessoa é aliada de Máiquel, não temos um intermediário, lemos a linguagem dele, os sentimentos dele, os palavrões dele, que não são para ofender, é só o jeito que ele fala. Que não se sinta culpado o leitor que já sentiu até pena do Máiquel, um pessimista nato, ele só espera o pior da vida. “Só há uma explicação: Destino. Antes da gente nascer, alguém, sei lá quem, talvez Deus, Deus define direitinho como é que vai foder a sua vida.”
Muitas vezes durante a narrativa vemos que Máiquel se deixa arrastar pelas decisões de outras pessoas. Se uma escolha pode acabar com a sua vida, ao menos esteja certo de que quem decidiu foi você. “Enquanto caminhava e olhava para os meus sapatos fodidos, eu pensava que a vida é uma coisa
engraçada.Ela vai sozinha, como um rio, se você deixar. Você também pode botar um cabresto, fazer da vida o seu cavalo. A gente faz da vida o que quer. Cada um escolhe a sua sina, cavalo ou rio.”
Apesar de vermos sempre o personagem se afundar por suas próprias ações acabamos torcendo por ele. É um enredo original, diferente dos livros atuais e prende o leitor do começo ao fim. É impossível não ler o livro todo no mesmo dia e não ficar querendo ler mais livros da Patrícia Melo.

p.s: Há muito tempo queria ler esse livro, mas por culpa do curso e do trabalho fico nos clássicos e quando tenho um tempo livre tento algum lançamento, mas as histórias são sempre repetidas e convencionais. Sendo assim foi bom tirar um tempo para finalmente ler O Matador.

Quote:
"O homem é isso, um esquecedor. Esquece tudo. Esquece as coisas boas. As ruins, ele deposita no fundo do mar que há dentro do homem."
  



7 Comentários

  1. Olha eu não sei do que a história se trata, mais pelo pouco que li do seu post parece ser interessante, mais eu não sei se faz meu estilo de leitura, até porque gosto de coisas mais light (risos) Mais gostei do seu post.

    Menina, vc fala que não tem tempo né ?
    Imagina os livros aos montes que temos em casa...e cada dia aumenta mais porque compramos mais e mais. Nossa, eu vou ficar doida...sério !! hahahahaha...Mais eu não consigo ficar longe de uma livraria.
    Agora estou encerrando minhas compras esse ano, porque quero dar um tempo. Mais enfim...

    Olha, depois se vc puder, dá uma passadinha em meu blog que tem um POST que eu estou pedindo muito para os LEITORES opinarem e ficaria muito grata pela sua presença. Ficarei aguardando ok ? beijinhos e se cuida Linda

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu enjoo fácil de romances lights, eu queria algo no estilo Agatha Christie, mas não achei e lembrei que adiava esse há muito tempo, mas é muito bom, li todo ontem.
      bjs

      Excluir
  2. Amiga Dani, pode ter certeza que sua opinião foi de grande ajuda pra mim. Até porque é mais fácil de resolver com as pessoas dizendo o que acham. Mais mesmo assim obrigada mesmo por ter passado aqui e respondido esse post =]

    ResponderExcluir
  3. Parece ser bem interessante, mais eu achei um pouco confuso...
    Mas só lendo mesmo para saber, vou procura mais sobre o livro e quem sabe ler um dia :)

    Beijos
    Brubs
    contodeumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia esse livro, ótima resenha!!!!
    Seguindo o blog.Se ainda não seguiu convido.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pela visita,meninas, amei conhecer os sites de vocês,
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia esse livro
    Mas gostei bastante da resenha
    Chamou bastante atenção

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar meu espaço. Fico muito feliz com comentários, mas apenas sobre a postagem. Opiniões, elogios e críticas construtivas são bem-vindos.
Para outros assuntos, use o formulário de contato.