Resenha do livro O cavalo e seu menino - Crônicas de Nárnia


Título: As Crônicas de Nárnia - Volume Único
Autor: C.S. Lewis
Tradutor: Paulo Mendes Campos
Editora: Martins Fontes
Ano:2009 /2ª ed.
Páginas: 186 a 288

 

Sinopse - As Crônicas de Nárnia: O Cavalo e seu Menino - Volume 03 - C. S. Lewis

Ao saber que não era filho de Arsheesh, o pescador, o jovem Shasta decide fugir da cruel Calormânia. Na companhia do cavalo falante Bri, ele parte em direção ao Norte rumo a Nárnia, onde o ar é fresco e reina a liberdade. Em sua jornada pelo deserto árido, Shasta tenta imaginar o que estará esperando por ele adiante. Tudo parece tão vasto, desconhecido, solitário... e livre.



Embarcando em mais uma crônica de Nárnia, dessa vez a aventura chama-se um cavalo e seu menino. O título já chama muito a atenção, como um cavalo pode ter um menino? Claro, estamos em territórios criados por C.S. Lewis, onde tudo é possível. Não chegamos logo em Nárnia, mas em um lugar chamado Calormânia onde vivem humanos. Em O Leão, A Feiticeira e o Guarda- roupa, o castor chega a falar que há muito tempo humanos, filhos de Adão, não iam a Nárnia, mas então Calormânia não faz parte de Nárnia. Não dá para saber como humanos foram parar lá, mas provavelmente a explicação virá nos próximos livros.
Em Calormânia vive Shasta, um menino que é explorado pelo homem que o cria, um belo dia ele recebe a visita de alguém que deseja comprá-lo, para sua surpreza o cavalo do homem fala e o convence a fugirem juntos. É tudo muito novo para ele, pois em Calormânia não existem animais falantes, nem nada de mágico, é só uma vila de pescadores, longe até da cidade deles. O cavalo Bri é de Nárnia e sabendo de suas nobres origens é todo orgulhoso e presunçoso, eles encontram outros fugitivos na jornada, a égua também falante Huin e a menina Aravis que foge de um casamento forçado. Huin, apesar de ser de Nárnia não é orgulhosa como Bri, mas Aravis por ser uma nobre calormana é tão orgulhosa quanto Bri e quase não fala com Shasta, mas todos sabem que em Nárnia serão iguais. Isso tudo se passa durante o reinado do grande rei Pedro que vimos no livro anterior, aqui Pedro, Suzana, Lúcia e Edmundo são reis adultos. Durante a fulga Shasta é visto por narnianos que o confundem com um príncipe chamado Corin e o obrigam a acompanhá-los. Lá ele conhece Suzana e Edmundo. Acontece que eles estão em apuros, pois o príncipe calormano deseja casar-se com Suzana e ela se recusa, e sabe que o príncipe não os deixará sair de lá,dessa maneira eles também querem fugir para Nárnia.
Dessa vez não tem anel mágico, nem guarda-roupa encantado. A aventura é tentar chegar até Nánia e isso nunca foi tão difícil. Até aqui é o livro que tem mais personagens e dá a impressão de ser mais extenso, mas a narrativa é ágil e as mudanças no foco narrativo permitem visões dinâmicas das cenas de batalha. É um pouquinho menos encantador que os dois primeiros livros, talvez por não se passar em Nárnia, mas os personagens também são muito carismáticos  e mesmo os mais orgulhosos acabam nos conquistando. Também é bom para ter uma noção dos paises que rodeiam Nárnia e como são suas relações. E claro, muito bom reencontrar nossos velhos amigos, mesmo que seu reinado fiquem só no pano de fundo.

p.s.: Só agora prestei atenção no tradutor, Paulo Mendes Campos, deve ser o das crônicas *-* 




8 Comentários

  1. Tenho muita vontade de ler as crônicas de Narnia
    Mas nunca acho um livro barato para comprar

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga,olha no submarino, comprei esse numa promoção, o volume único.
      bjs

      Excluir
  2. Cadê o guarda-roupa pra mim entrar e viver em Nárnia? Ou ao menos só conhecer, rs. Como não amar Aslan?
    Eu ainda não li essa crônica, parece ser bem legal.

    http://nerdicesdeumagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já vou começar a ler mais um livro, to só dando um tempo pra postar a de Príncipe Caspian,rs

      Excluir
  3. ainda nao li! amei seu blog e é claro q te sigo de volta!
    Obrigada pela visita no blog!
    Bjs e volte sempre!
    Bel Carvalho
    http://bybelcarvalho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. De todos de Narnia esse é o que menos gosto. É interressante, como vc falou, pois nos mostra mais do que Narnia, mas achei ele muito fraquinho (especialmente se comparar com os outros sete)

    Té mais...
    http://bmelo42.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. É a mesma impressão que eu tenho, Bruna, é um livro mais fraquinho, pois quase não se passa em Nárnia, mas é interessante pra quem é fã das crônicas.
    bjs

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar meu espaço. Fico muito feliz com comentários, mas apenas sobre a postagem. Opiniões, elogios e críticas construtivas são bem-vindos.
Para outros assuntos, use o formulário de contato.