Título: Assassinato no Beco
Autor: Agatha Christie / Tradução de José Inácio Werneck
Editora: Nova Fronteira
Número de páginas: 239






Sinopse - Assassinato no Beco - Agatha Christie

Como uma mulher poderia segurar um revólver com a mão direita e, ao mesmo tempo, conseguir atirar na própria têmpora esquerda? Que relação haveria entre a visão de um fantasma e o desaparecimento de planos militares ultra-secretos? Como a bala que matou Sir Gervase pôde estilhaçar um espelho que ficava do outro lado do quarto? E quem destruiu o ´eterno triângulo amoroso´ que envolvia a famosa beldade Valentine Chantry? Hercule Poirot está diante de quatro casos misteriosos - cada um deles é um clássico em miniatura, tanto pelas caracterizações e incidentes quanto pelo suspense.






Assassinato no Beco é composto por quatro instigantes estórias: a própria Assassinato no Beco, O roubo inacreditável, O Espelho do Morto e Triangulo de Rhodes. Os livros de Agatha Christie me acompanharam na adolescência , num tempo em que nem sabia nada sobre clássicos, autores bons ou ruins, não que hoje eu saiba muito sobre isso, mas acredito que ela e Sidney Sheldon, por exemplo, não estão entre os favoritos dos mais intelectuais. E eu tenho uma queda e tanto por esses autores, fazia tempo que não tinha tempo de pegar nada da Agatha pra ler, mas a tentação de ter seis livros dela ainda não lidos aqui foi mais forte que a necessidade de estudar. Escolhi Cai o Pano, mas depois lembrei que é o último caso de Hercule Poirot e claro que adiei a leitura. Então comecei a ler Assassinato no Beco e foi uma leitura muito prazerosa. As quatro estórias resumem bem o estilo de Agatha e o clima de suspense é magnífico, não consegui desvendar o mistério em nenhuma delas porque sou muito ansiosa pra ler o final e não presto atenção nas pistas. Na primeira história há um suicídio, muito óbvio pra ser suicídio; na segunda, um roubo realmente indecifrável,menos para Hercule Poirot; na terceira, mais um suicídio suspeito,mas não é repetitivo; e finalmente a última traz um perigoso triângulo amoroso, o caso é descobrir de que triângulo de trata.É mais um livro pra distração, Deus me livre se algo que me faça pensar demais nesses dias tão difíceis em que tudo que precisamos são duas horas de fulga da realidade.





2 Comentários

  1. OIeeeee. Taí uma autora de livro policial que eu adoroooooooo. Esse eu ainda não li #vergonhaisso. Mas vou ler loguinho. Já leu E não sobrou Nenhum? Pra mim um dos melhores livros dela. Obrigado pela visita no blog. Seguindo aqui, se puder segue o meu também. bjs
    Eykler

    www.aghridoc.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não li,não, tenho vários dela esperando,mas não dá tempo (
      obrigada pela visita,vou retribuir,bjs

      Excluir

Obrigada por visitar meu espaço. Fico muito feliz com comentários, mas apenas sobre a postagem. Opiniões, elogios e críticas construtivas são bem-vindos.
Para outros assuntos, use o formulário de contato.